Técnica FUE

Transplante Capilar sem cicatriz linear.

A Técnica FUE (Follicular Unit Extration ou Extração de Unidades Foliculares) é a mais moderna, segura e minimamente invasiva técnica de transplante capilar, pois o método de extração das unidades foliculares não exige incisão, ou seja, nada de cicatriz linear.

Na Técnica FUE os folículos são retirados com instrumentos cirúrgicos denominados punch, com diâmetro de apenas 0,8 mm a no máximo 1mm. Esta arte manual não deixa cicatriz visível, permitindo ao paciente resultados totalmente naturais e imperceptíveis, mesmo com cabelo raspado.

Outra vantagem da técnica é a rápida recuperação, sem necessidade de internação ou repouso para o paciente.

Em uma única sessão cirúrgica são transplantados até 10.000 fios de cabelo.

A técnica FUE proporciona melhora da auto estima e jovialidade aos pacientes.

Como funciona o Transplante Capilar com a Técnica FUE

A Técnica FUE consiste na remoção de unidades foliculares, uma a uma, na área doadora, que pode ser tanto do couro cabeludo como de outras partes do corpo, como barba ou tórax. As unidades foliculares podem ser compostas de um a quatro fios, e o procedimento é realizado por um médico cirurgião. Após a retirada da quantidade de unidades foliculares necessária, é realizado o implante dos fios um a um na área receptora.

Técnica FUE


TRANSPLANTE CAPILAR
SEM CICATRIZ LINEAR

  • MÚLTIPLAS ÁREAS DOADORAS
    Couro cabeludo, barba ou tórax.

  • FUE VEM CRESCENDO A CADA ANO
    Hoje, do total de cirurgias realizadas, 95% são pela Técnica FUE.

  • MINIMAMENTE INVASIVO

  • SEM CICATRIZ LINEAR
    Você poderá utilizar seus cabelos raspados em máquina zero.

  • RÁPIDA RECUPERAÇÃO
    Você retorna às atividades físicas no dia seguinte.

Passo a Passo da Técnica FUE no Transplante Capilar

Cortando unidades foliculares

Por ser minimamente invasivo, o transplante capilar FUE é realizado com anestesia local. O médico cirurgião irá realizar uma pequena incisão circular ao redor da unidade folicular com um pequeno punch. Essa incisão é minimamente invasiva, feita até a metade da altura em que se encontram as raízes capilares.

Extração das unidades foliculares

Após a pequena incisão com o punch a unidade folicular é extraída do couro cabeludo com auxílio de pinças delicadas. Em uma única sessão são extraídas de 1000 a 3.000 unidades foliculares, podendo ser transplantado até 10.000 fios de cabelos. Durante a extração é necessário muita habilidade para que nenhum folículo seja danificado.

Preparação de unidades foliculares

Após a extração as unidades foliculares são colocadas em uma solução de armazenamento adequada para manter a vitalidade dos folículos. Um membro da equipe inicia a preparação dos fios com um estereoscópio . A preparação e manutenção das unidades foliculares apropriadas são a chave para o sucesso do transplante capilar, pois uma vez que se danifica uma UF ela pode nunca mais voltar a crescer.

Implante dos fios com a Técnica FUE

Os implantes são feitos manualmente tanto no Transplante Capilar FUE quanto FUT. O Dr. Rafael Magacho implanta cada unidade folicular individualmente, recriando as características de cada paciente, definindo a profundidade, angulação e direção de crescimento dos cabelos. O tempo do procedimento é em média de 8 horas, e o paciente volta para casa no mesmo dia.

Transplante Capilar FUE com uso do Robô Artas

O Robô Artas é usado como auxiliar nas cirurgias de transplante capilar com a Técnica FUE e pode ser considerado uma das últimas invenções deste segmento.

Nós da Clínica e Cirurgia Capilar acreditamos em seu potencial como uma solução futura para a realização de transplante capilar, já que suas funções, ainda limitadas, não substituem a eficiência e destreza das mãos de um médico cirurgião especializado no procedimento de técnica FUE. Por estes motivos optamos por não usar o Robô Artas:

• O uso eleva expressivamente o custo da cirurgia de transplante capilar, em alguns casos chegando ao dobro do preço de um procedimento realizado apenas pelas mãos do médico cirurgião.

• Impossibilidade de extração das regiões laterais: a técnica FUE com o Robô não consegue extrair os folículos das regiões laterais que é uma excelente fonte doadora. Ele apenas aproveita os folículos da parte de trás da cabeça, impedindo que seja realizada a mega sessão.

• Mais cicatrizes e mais fibrose: com o robô o processo de cicatrização e recuperação da área doadora não é tão bom e rápido como o visto com o uso de punches cortantes manuais, pois o Robô utiliza o sistema blunt, ou seja, punches cegos.

• Maior calibre dos punches: Enquanto nós utilizamos punches que variam entre 0,8mm e 0,9mm, o Robô utiliza punches de 1,00mm. Mais do que isso ele possui, além do punch interno, um outro externo que serve de guia, e esse é ainda mais calibroso, gerando um orifício de cerca de 1,3mm, comparado a 0,8mm a 0,9mm dos punches cortantes utilizados em nosso serviço, ou seja, cerca de 30% a mais de cicatrizes.

• O Robô não pode ser usado para remover folículos de outras partes do corpo como barba e tórax.

• Não é possível utilizar o Robô raspando em faixas, ou seja, utilizar os cabelos superiores para cobrir a área raspada e camufla-la. Isso as vezes limita o uso estético, já que com o Robô a área raspada deve ser obrigatoriamente extensa.